Cada coisa em seu lugar.

by - julho 09, 2009

Roupas no armário, comida na geladeira, amor no coração, lembranças na cabeça, sandália no pé, sorriso na boca... Cada coisa desse mundo tem um cantinho pra ser guardada.. Já diziam os velhos estudiosos da física que "dois corpos não ocupam o mesmo espaço", e não ocupam mesmo. Podem ocupar lugares parecidos como o amor e a dor se encontram no coração, mas um de cada lado pra não misturar. Tenho mania de comparações, e por isso, costumo dizer que o coração é semelhante à uma grande biblioteca; em que os sentimentos e emoções estão dispostos em prateleiras e cada um tem um significado especial. Mas ao contrário de bibliotecas, o ambiente não é nada silencioso.. A alegria por exemplo, não cabe em si. Fica o tempo todo pra lá e pra cá tentando dizer a dor e a tristeza que o lugar delas não é ali, e sim bem longe, num lugar onde não possam ser alcançadas por ninguém. O amor é o mais bobo de todos, não pensa em outra coisa senão na pessoa amada, e passa o tempo todo suspirando pelos cantos. O tédio fica parado, imóvel, e só invade quem chega perto dele. A solidão é a que exige mais cuidados. Tem que ficar guardada bem no alto da estante, dentro de caixas e caixas pra que não escape. Ela é uma ameaça permanente aos outros sentimentos, pois sempre quer sugá-los e acabar com todos eles. Raramente ela consegue escapar, mas quando consegue, de alguma maneira vai consumindo tudo o que há de bom no coração de uma pessoa. E o que era vermelho, pulsante, passa a ser negro, obscuro e passa a abrigar os piores sentimentos que se pode imaginar.

Mantenha sempre sua biblioteca repleta de sentimentos bons. Queime a solidão, a tristeza, o ódio, o rancor.. Pois esses 'livros' não ensinam nada a ninguém. Nunca se esqueça de manter a alegria, o amor e a paz, sempre bem organizados e num lugar bastante visível; pra que você nunca se esqueça de cultivar aquilo que realmente tem algum valor. Não tenha o coração leviano e não ature pessoas com o coração assim, cuide de tudo que for verdadeiro, cuide de você, viva.

É tudo o que eu tinha a dizer.




"Plante seu jardim e decore sua alma,
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores."


Boa noite. ;*

You May Also Like

1 comentários

  1. Lari, você borbulha criatividade! Estou impressionado. Não só por esse mas também pelas outras crônicas. Um beijo, gatinha.

    ResponderExcluir

Não vá embora ainda. Divida algo comigo. E obrigada por chegar até aqui! :)