(In)certezas.

by - agosto 12, 2009


Eu sempre achei que precisava saber de tudo. Descobrir todas as respostas para as minhas perguntas, planejar cada passo que seria dado em direção ao futuro. Eu sempre quis entender o mundo, as pessoas e principalmente, os sentimentos.

Dou voltas, faço curvas e volto sempre pro mesmo ponto. Descobri que não sei nada, que não sou nada e que planos se desfazem num piscar de olhos. Alguns muros tremeram noite passada, as estruturas balançaram mais uma vez, o mar acordou de ressaca e o dia nublado. Não sei o que isso quer dizer, mas talvez seja um sinal. Não planeje dias de sol sempre, ou melhor, não planeje nada. Planos são inúteis, acabam nos fazendo descrer das coisas. Planos na verdade, são como ilusões, nos manipulam e acorrentam nossos corações, finjem e enganam nossa cabeça, nos transportam pra uma realidade que não existe.

Sou um livro em branco, preciso começar a escrever minhas páginas, meus capítulos. Preciso me moldar, transceder ao corpo, e ser alma. Preciso ser o que de fato sou, o que ainda não descobri. É bem melhor deixar as páginas irem se escrevendo, o destino tratando de nos colocar no rumo certo. Não procuro mais resposta pra tudo, não me entupo de medo, dúvidas.. Pra que tudo isso? Liberte-se da sua mente que te aprisiona, vá além do infinito e faça seus atos possuirem sentido. O verdadeiro sentido da vida, talvez seja esse. SER, sem perguntas, medos ou restrições.

Apenas seja alguma coisa, algo que faça sentido pra você.

You May Also Like

2 comentários

  1. "Não planeje dias de sol sempre, ou melhor, não planeje nada. Planos são inúteis, acabam nos fazendo descrer das coisas."

    O melhor é deixa que as coisas aconteçam naturalemnte. Aprendir a fazer planos apenas aqui, dentro de mim. Costumava contar p/ o mundo tudo o que eu pretendia fazer e NUNCA deu certo, NUNCA. Hoje faço poucos planos, traço metas.. mas nada sai daqui!

    Ótimo texto Anna.

    ResponderExcluir
  2. Oi moça! demorei a ver o comentário no blog porque estava sem computador. :(

    Maaaaas, postarei em breve!
    seu blog é lindo, belos textos e um excelente "quem sou eu"

    ResponderExcluir

Não vá embora ainda. Divida algo comigo. E obrigada por chegar até aqui! :)