Parece que foi ontem.

by - setembro 05, 2009


"Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida..."

Saudade é esperar demais, é querer ouvir palavras impronunciáveis e guardar esperenças bobas. É querer estar perto, tão perto que contrarie as leis da física sobre dois corpos em um mesmo espaço, é querer se sentir tão grande, mas tão grande, que faça caber o universo em apenas um abraço. É derramar lágrimas ao ver tudo o que o coração não queria enxergar, é tentar fazer possuir sentido algo que já não o tem há muito tempo. É querer com todas as forças ter por perto, amar, sentir e ainda assim, sofrer com a ausência. É não saber se os costumes são os mesmos, se os amigos são os mesmos, se a vida está bem, se anda estudando ou fazendo exercícios, se ainda lembra do passado. Saudade é olhar pela janela e ver muito perto dos olhos, aquilo que ao mesmo tempo, está tão longe do coração, tão longe..
É olhar pro armário, pras gavetas e ver a imensidão de palavras não ditas que se acumulam todos os dias. A sede insaciável de abrir o jogo, ter respostas claras, sim ou não, tudo ou nada, algo definitivo. O passado me convida a refletir, e como sempre, a lembrar. Não acredito que o tempo apague as coisas, mas ele nos ensina a ver situações e finais possivelmente infelizes, como ciclos que se acabam, mas trazem consigo reinícios e grandes oportunidades.
Eu era feliz e não sabia, mas agora eu sei.
"Acalme esse teu coração, Larissa. O destino se encarrega de resolver o que o tempo não deu conta, abra seu coração e tire de dentro dele esse medo de amar, de uma vez por todas. Você merece ser feliz. Mas isso depende mais de você do que de qualquer outra pessoa."


Bom, esse texto (assim como milhões de outros) tem um destinatário especial, que obviamente nunca vai ler algo do tipo. Dedico e compartilho então, com a minha companheira de recalques, Clara Santana e indico o blog dela (que por sinal é excelente) e vale a pena ser visitado: http://www.clariinhasantana.blogspot.com/



You May Also Like

2 comentários

  1. Ai Anna, estou plenamente nostalgica agora!
    Estou transbordando, confesso que me sinto triste até. Mas sabe, seu texto está minha cara hoje! :)

    ResponderExcluir
  2. Lindo!!! E adoro a frase que vc colocou no inicio. É super verdadeira!

    ResponderExcluir

Obrigada por chegar até aqui. Não vá embora sem dividir algo comigo.