Love, amor, l'amour.

by - novembro 22, 2009


Existe uma coisa chamada amor, algo que vibra e delira na mesma sintonia em que desespera e comprime. Atua como como um folião de primeiro carnaval ou um marinheiro de primeira viagem, trás expectativa, ansiedade, euforia. Uma explosão de cores no inverno, um sorriso incessante que brilha de uma forma capaz de iluminar a noite mais do que as estrelas. Sim, meus caros, o amor; um sentimento nobre que, diferente da paixão, não precisa e nem clama ser correspondido, basta apenas estar ali. O amor não é egoísta, não fere, não consome. Amor acalma, cessa, estanca as dores e as feridas que por ventura já se carregue no peito. Amor, amor, amor... Falando assim parece até um paraíso, mas espere até a inveja bater à sua porta, ou quem sabe, o primeiro obstáculo se opor ao seu desejo, eles estraçalham as suas idealizações e às vezes, até as suas realizações. Almas unidas por esse sentimento se encontrarão no lugar, na hora e no tempo certo, independente dos rumores que hajam ao seu redor.



Aos enamorados, amantes, amores e apaixonados.
Disfrutem de tudo que o amor tem para dar-lhes!

You May Also Like

4 comentários

  1. lindo, lindo, lindo!

    " Almas unidas por esse sentimento se encontrarão no lugar, na hora e no tempo certo, independente dos rumores que hajam ao seu redor. "

    completamente verdadeiro. adorei o post.
    blog sempre lindo :) um beijo!

    ResponderExcluir

Não vá embora sem deixar sua marca no meu universo.