Das coisas que a vida ensina.

by - junho 19, 2010

Não sei bem como começar um novo texto, acho que o tempo longe daqui atrofiou minhas habilidades em sempre saber o que dizer. Bateu muita saudade desse meu cantinho, saudade de ser habitante de mim, de me entregar à cada pedaço de um lugar que jamais me pede explicações e sempre me entende. Espero que o tempo longe não tenha sido o suficiente para que os meus queridos habitantes tenham deixado este universo, afinal, são vocês que tornam esse lugar ainda mais especial.
É incrível como Deus sempre tem um plano para cada um de nós (aos céticos ou ateus, acreditem nos planos que qualquer outro ser lhes envia). Parece que num determinado momento da vida uma série de acontecimentos transforma a sua realidade, pelo menos, foi assim comigo.
Acredito que os nossos problemas são apenas reflexos do que precisamos aprender, e como nunca saberemos de tudo, sempre teremos problemas (é um mal mais que necessário!). Nesses últimos meses longe daqui pude aprender uma coisa que gostaria de compartilhar com vocês.
Muitas vezes precisaremos estar ausentes de rotinas que seguíamos, velhos hábitos que incorporamos e que volta e meia somos obrigados a largar, e é nesses breves momentos que algo nos faz perceber o quão significamos para alguém. Alguns sentem nossa falta e fazem questão de deixar claro, alguns apenas lembram, outros não se sentem afetados. Nesses momento nós descobrimos quem está conosco, quem se preocupou em saber da nossa ausência, quem clamou pela nossa presença. E com isso a gente aprende que não adianta ser metade para quem é um inteiro, ser parte para quem é um todo, ser 8 para quem é 80, ser lúcido para quem é louco.
Garanto que uma temporada sozinho, apagado e longe de todos os holofotes que brilham sob a hipocrisia alheia te tornam mais maduro. No meu caso, mais sagaz, mais mulher, mais conformada com as coisas que não posso mudar. Em troca, invevitavelmente, você vai precisar derramar algumas lágrimas, sentir saudade e talvez até sentir vontade de desistir, mas é nessa hora que o invisível salta aos olhos e faz você enxergar uma nova realidade: para amar alguém não é preciso estar do lado o tempo inteiro, é preciso apenas estar dentro.



Olá, meus caros amigos.. Ando muito em falta por aqui ultimamente, mas tenho bons motivos. Meu empenho dos últimos meses me rendeu a primeira aprovação num vestibular e, de cara, numa federal. Agradeço pelos que continuam visitando meu espaço ou que ao menos aprenderam algo que tentei ensinar em cada texto. Um grande abraço!

You May Also Like

2 comentários

  1. Que bom que está bem!
    Sim,Deus sempre tem um plano para nossa vida \o/
    Adorei o texto,com certeza aprendo com eles *-*
    Fica com Deus,sucesso :*

    ResponderExcluir
  2. E até que saiu um texto bem conseguido.

    Bjooo e otimo findi

    ResponderExcluir

Não vá embora ainda. Divida algo comigo. E obrigada por chegar até aqui! :)