As pessoas correm para onde?

by - julho 18, 2010

Ali estava eu, sentada, como de costume esperando o ônibus das 6h. Em meio aos olhares curiosos, percebi a pressa com que todos se moviam ao meu redor. Como se o fim do mundo estivesse à caminho e fosse preciso se despedir de todos o mais rápido possível. Todos os dias passava por mim um homem de terno, gravata e uma pasta preta na mão, carregava uma expressão fechada e sempre estava com pressa. Perguntei à uma senhora sentada ao meu lado para onde todos corriam e ela deprimida respondeu: "Para lugar nenhum, minha filha." Dias depois, dentro do ônibus o mesmo homem, agora com roupas simples e uma expressão triste me perguntou as horas. Ele parecia precisar mais de um rumo do que de qualquer outra coisa. Eu então respondi:
"Hora de viver." Ele sorriu e disse: "Exatamente a hora certa." O ônibus parou e nós descemos, uma borboleta pousou sob e seu ombro e ele se foi, dessa vez, sem pressa.

You May Also Like

3 comentários

  1. me fez sorrir um riso bom sabe e dizer o seguinte baixinho: Lari, é isso aí!

    =)

    ResponderExcluir
  2. Eu amo esses textos, tanto quanto eu amo a autora deles :)
    Parabéns, amiga pelo DOM

    ResponderExcluir

Obrigada por chegar até aqui. Não vá embora sem dividir algo comigo.