by - agosto 08, 2010

Insistir no que? perseguir o que? lutar pelo que? Tudo o que eu vejo são apenas respostas vagas de quem sempre fica em silêncio. Mas esse silêncio me cansa, me consome. Sempre ouvi dizer que não adianta acrescentar fermento à uma receita que não fará diferença com ele, digo o mesmo para esse sentimento. Parece que não adianta alimentar algo que evolui no meu coração, mas pára diante do seu e, apesar de saber que devo abandonar meus hábitos solitários, devo dizer que você, como mesmo diz, não está pronto pra isso. Pra ser sincera, você até está, mas não quer admitir. Pelos seus motivos, que são banais e injustificáveis para mim, mas respeitáveis à todos, você simplesmente desiste de deixar que algo crie raízes. Não posso te culpar, já fiz muito isso, mas devo dizer que essa foi a melhor oportunidade de todos os tempos, que enfim, nem teve tempo de ser aproveitada como deveria. Eu sabia desde o início que seria assim, mas sempre tola, preferi acreditar que as coisas podem ser diferentes, e poderiam, mas não são. A realidade não é uma fraude, ao contrário do seu amor.

You May Also Like

0 comentários

Não vá embora sem deixar sua marca no meu universo.