Nada é permanente, exceto a mudança

by - agosto 14, 2010

Aceitar a transitoriedade das coisas é o nosso maior desafio para se conseguir viver num mundo em que tudo é instantâneo e efêmero, por isso, mudança deveria ser o sobrenome de cada um de nós. Minha visão sobre tudo isso costumava ser sempre muito restrita, eu acreditava que a mudança era um obstáculo que impedia o nosso crescimento pessoal, profissional, amoroso... No entanto, descobri que é justamente o contrário. Não fosse ela, jamais teríamos saído da idade da pedra, jamais teríamos nos tornado Homo sapiens sapiens, jamais teríamos chegado à essa pseudo-revolução que vivenciamos atualmente.
Aos que ainda compartilham da minha antiga opinião, aconselho que abram-se, mesmo que devagar, para as metamorfoses da vida. Por menores que sejam os gestos feitos, caso repetidos, eles se tornarão um costume que você vai usar como se fosse a sua roupa favorita. Começe penteando o cabelo de uma forma diferente, mudando o design do seu blog, dando uma chance para o alface que sempre fica de lado no prato ou usando um caminho diferente para ir ao trabalho. Abram-se para as oportunidades que chegam envolvidas em cada coisa que a gente muitas vezes resiste à aceitar.
Recomendo uma leitura interessante acerca desse assunto, o livro "Quem mexeu no meu queijo?". Uma parábola que pode mexer muito com todo esse universo de mudanças. Aos que já leram, vale lembrar: sempre mexam o seu queijo!

You May Also Like

0 comentários

Não vá embora sem deixar sua marca no meu universo.