Sobre [Des]crenças

by - outubro 16, 2010


O 8º pecado, na verdade, é possuir vida e não viver. É olhar para os reflexos do sol sob cacos de vidro e não acreditar no que aquilo quer dizer. Não acreditar nos milagres, nas curas, na renovação, nas possibilidades presentes nos sonhos que o insconciente revela, no amor que surge da atmosfera primitiva presente dentro de nós. E é aí chegamos ao maior de todos os pecados: não acreditar. Num mundo em que o amor virou indústria e o medo gera lucros, acreditar é tudo.

You May Also Like

0 comentários

Não vá embora sem deixar sua marca no meu universo.