Existe amor à primeira vista?

by - novembro 15, 2010


Eu podia fingir quantas vezes fossem necessárias que meu coração não precisava ser ocupado por ninguém, que eu não queria ser invadida por nenhuma espécie de sentimento esmagador que me obrigasse a viver em função daquilo, a respirar aquilo, a sentir somente aquilo. Mas era tudo mentira. Tudo artifício para enganar a platéia e trapacear com meu coração. Tentativa inútil. No fundo sempre fui eu e uma vontade louca de ser domada, eu queria sim que alguém tomasse posse do meu ser selvagem sem me pedir licença.
E foi assim, no espírito de relutância que eu olhei pela primeira vez alguém com olhos cheios, transbordando de ternura. Um alguém que despertou em mim tudo aquilo que eu negava acreditar e que de alguma forma mudou a minha forma de pensar sobre o amor. Pegou o meu ponto fraco, espremeu e fez um drink. Um alguém que grudou na minha cabeça como figurinha de chiclete que a gente cola em albúm. Parece até que a figurinha veio com super bond. O fato é que tá aqui colado e o mais engraçado é que foi tudo tão temporário que eu nem sei se acredito que realmente existiu. Até agora eu fecho os olhos e minha amiga imaginação diz que não tem nada a ver com isso, mas eu custo a acreditar. Ele não só me viu, ele me percebeu. Em meio a um oceano de gente, nós nos tornamos pólos de um imã numa atração incrível. Ou talvez essa parte seja realmente coisa da minha cabeça. Mas ele estava lá. Ele existe. Ele vive em algum lugar aqui por perto, ou talvez, algum lugar aqui por dentro. Meu coração.

You May Also Like

3 comentários

  1. Aniiinha! Tem selinho pra vc no meu blog! Passa lá se quiser...

    (*=

    ResponderExcluir
  2. Também acredito em alguém lá fora, alguém que eu nem mesmo conheço.
    Há um oceano de gente, tomando sua expressão, esperando para ser desbravado, conhecido. Mas, no fim, só alguns "alguéns" ficam, ao menos no coração ou na memória.

    ResponderExcluir
  3. Sabe... Eu nem ia falar nada sobre o post pq dessa vez foi diferente. Me identifico sempre, isso vc já sabe. Acontece que esse, assim como vc mesma disse, pegou o meu ponto fraco, espremeu e fez um drink. Como é que tem gente que consegue ser assim?

    ResponderExcluir

Não vá embora ainda. Divida algo comigo. E obrigada por chegar até aqui! :)