Pés, coração e alma cansada

by - novembro 27, 2010

Quero um canto pra encostar a cabeça. Pousar o meu pranto e o meu rosto cansado, a minha fé abalada e o meu desespero contido. Meu travesseiro não suporta mais, os ombros 'amigos' tampouco. Ando em quedas, tropeço sobre trancos e barrancos, me parto ao meio em cada passo. O chão andou perdendo a firmeza, assim como as minhas certezas e a minha esperança no futuro. Também ando desacreditada, uma pilha de nervos, um lixo ambulante. Carrego pra lá e pra cá um peso que é fruto de algo que desconheço. Talvez da minhas escolhas? Ou da falta delas?


Drummond, meus ombros também tentam suportar o mundo, mas não conseguem.
Você pode tirar esse peso de mim? Alguém pode? Deus?

You May Also Like

0 comentários

Não vá embora ainda. Divida algo comigo. E obrigada por chegar até aqui! :)