Só crescemos na estupidez.

by - dezembro 27, 2010


Quando crianças somos assim. Temos olhos grandes para observar ao redor, desde o parquinho até as manchetes de jornais que nem sequer entendemos. Temos a boca pequena, para não dizer, nem gritar, mas apenas balbuciar emoções, sentimentos. O choro e o riso medem compreensão. Temos pequenas mãos por que nessa idade temos consciência de que o mundo não vai caber nelas mesmo que as tais sejam infinitamente maiores. É a idade em que tudo está na medida certa.
Ao crescermos, em compensação, nossos defeitos adquirem maiores proporções. Os olhos diminuem e pouco observamos o que deve ser visto, não enxergamos as coisas, nem analisamos. A boca, por sua vez, cresce ao tamanho de disparar cargas e mais cargas de palavras impensadas, ditas no auge de nossos destemperos e loucas para alcançar os ouvidos alheios, elas se tornam balas do calibre mais alto. Nossas mãos inflam como se quisessem segurar a própria dor e o próprio medo que a todo momento caem do céu como chuva. Queremos segurar o mundo, as responsabilidades, os sentimentos; mas isso tudo pesa e o corpo cansa.
Assim, vamos todos crescendo com a consciência de que não somos os mesmos e que estamos evoluindo, só que talvez não se trate de crescimento ou evolução, mas de regressão, atraso. Ideal é sim ter tamanho de criança, onde o mundo cabe dentro do coração e a chuva pode cair sem culpa sobre nós.

You May Also Like

9 comentários

  1. De desejo um vento, que sopre e ilumine seu rosto com uma alegria imensa, te desejo aquele seu melhor sorriso, que Deus lhe mostre o sentindo da vida, que você sinta o toque dele, e saiba que ele te ama, e que Jesus é a verdadeira felicidade!
    Beijos querida, ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. lariii, me add no msn do blog, será um prazer tc c vc la: borboletanocasulo2010@hotmail.com
    BjU

    ResponderExcluir
  3. ideal é ter coração de criança, com toda inocência e carisma. Também é lindo quando conseguimos unir tudo isso a maturidade do adulto. Porém, nem sempre é fácil unir tantas coisas boas (:

    Lindo post mocinha - só pra variar -, ótimo ano novo:*

    ResponderExcluir
  4. Conservar a criança que todos temos é uma das melhores formas para ser feliz...
    :)
    Adorei seu blog e já estou te seguindo...
    espero poder te conhecer melhor em 2011...

    "Recomeça... Se puderes, Sem angústia e sem pressa. E os passos que deres, Nesse caminho duro Do futuro, Dá-os em liberdade. Enquanto não alcances Não descanses. De nenhum fruto queiras só metade." Miguel Torga
    :)
    Ano Novo é tempo de renovação, e desejo que em 2011 o seu ano seja de plenas realizações, que seja iluminado e feliz!Feliz Ano Novo para você e os seus.
    Beijos na alma!
    _______________☆
    _____________☆★☆
    ____________☆★ ★☆
    __☆_☆_☆_☆_★ ★ ☆ ☆ ☆ ☆☆
    ____☆★ ★ ★ _____ ★ ★ ★☆
    _____☆★ ★ __,,★,,,__★ ★☆
    _______☆★ __( ◡␣◡) __ ★☆
    _____☆★ ★_ (")..(") __★ ★☆
    ____☆★ ★ ★ ______ ★ ★ ★☆
    __☆_☆_☆_☆_★ ★ ☆ ☆_☆_☆☆
    ____________☆★ ★☆
    _____________☆★☆
    ______________ ☆
    .¨_______´GabyShiffer✫♥*

    ResponderExcluir
  5. Você e seus textos repletos de reflexão. Não seria exagero de dizer que trata-se de um dos melhores blogs que sigo. Sobre o texto, excelente. Um dos motivos que tenho carinho especial pelas crianças, justamente por esta novidade em descobrir o mundo, pela delicadeza em contemplar pequenas coisas como se fossem inesquecíveis (e são). Em contrapartida, os adultos com sua imensa carga de malandragem (seja ela boa ou ruim) e suas atitudes inesperadas, nos decepcionam diariamente, o que já não me surpreende mais, apenas as atitudes, que um homem de bom senso custa acreditar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Tem uns selinhos para vc lá no meu blog!

    ResponderExcluir
  7. a estupidez é grande o suficiente para nos fazer pequenos, e nos ensinar algo sobre a vida.

    http://guilg7.blogspot.com/

    vlw...

    ResponderExcluir
  8. Tem mais um selinho para você no meu blog!

    ResponderExcluir
  9. Oi Lari,
    passando para te ler e deixar um beijo.
    Esse texto está um Sol .
    Amei tuas palavras.

    Com carinho.
    Fernanda.

    ResponderExcluir

Não vá embora sem deixar sua marca no meu universo.