As palavras nunca voltam vazias

by - março 05, 2011

Preste atenção nos verbos que escapam da sua boca, nas letras que soletra e até mesmo nas frases que ficam por dizer. Qualquer sinal, vírgula ou interrogação pode ser alerta de perigo. Pense. Mas de boca fechada. Cada palavra tem um peso, uma alegoria, uma consequência. Quando pronunciadas, é quase irreversível o seu efeito, é morte súbita, demissão sem aviso prévio. As palavras nunca saem vazias e por assim ser, jamais retornam sem peso. Cada uma tem uma medida, densidade, altura. Mas acima de tudo cada uma tem um significado (ou vários). Todas são vastas. Todas são largas. Todas clamam para serem ditas no momento certo. Todas pedem passagem. Mas no fim, há sempre aquela que a gente cala. E pra piorar, ela costuma ser a mais sincera.

Se hoje eu pudesse dizer algo, diria ao meu passado que continuo com ele. Ao meu presente, que continue comigo e ao meu futuro que espere por mim. E que cada palavra dita represente o peso de uma pétala saboreada pelo vento. Doces frases, páginas e palavras pra todos vocês!

You May Also Like

2 comentários

Não vá embora sem deixar sua marca no meu universo.