A brevidade das coisas

by - novembro 30, 2013


Foto: diretamente de algum beco escuro do Pinterest :)

 Andei revirando as fotos do passado e me peguei olhando com carinho pra tudo aquilo que fui. Situações, histórias, pessoas, objetos, sentimentos. Muita coisa passou. Ao mesmo tempo, há as que cresceram e se solidificaram. Como é bom a gente saber que não nasceu hoje, que teve uma vida e que muita coisa fez parte dela. E melhor ainda: como é bom quando a gente consegue olhar para tudo isso com alegria. 

Agora, voltando os olhos para o presente, só existe uma conclusão possível: o passado é matéria orgânica que fertiliza o solo do futuro. É o que a gente fez no ontem que nos fará diferente ou não no amanhã. Que a gente saiba valorizar os quadradinhos no calendário e os ponteiros do relógio, porque, no fim das contas, o que cabe neles, resume a vida.

You May Also Like

0 comentários

Não vá embora ainda. Divida algo comigo. E obrigada por chegar até aqui! :)