Ligando os pontos

by - maio 17, 2014



Portfolio | Saatchi Online
A vida em muito se assemelha a um jogo infantil de ligar os pontos. Se não me falha a memória, tratava-se de um dos jogos que mais me intrigava, que mais me fazia pensar. Afinal, se eu ligar o traço ao pontinho errado, o dinossauro imponente poderia virar um cogumelo feio e torto, sem lugar para corações saltitantes no meu deslumbre infantil.

Em bom português, a vida é bem isso: um jogo de ligar os pontos. Os pontos, que creio já virem predeterminados, são aqueles lugares onde o livre arbítrio não pontua, onde uma ordem de acontecimentos já é esperada, é como o destino que te espera na próxima parada.

Toda linha que sai de um ponto e se encaminha a outro ajuda a formar uma sucessão de micro-destinos.  O espaço entre um ponto e outro, entre um destino e outro, é o vácuo onde depositamos nossas escolhas. E estas escolhas, por sua vez, definem a forma que terá o nosso desenho. 

Este breve espaço, um suspiro de vida, é a encruzilhada da dúvida. De um dinossauro imponente, a vida pode se tornar sim um cogumelo feio e torto e tudo isso dependerá, inevitavelmente, de qual ponto você escolheu como próximo a ligar. O detalhe, entretanto, é só um: não lhe é facultado saber previamente que desenho poderá se formar a partir do próximo ponto escolhido. Tudo fica a cargo do próprio risco de escolher. Simples assim. Direto. Na carne.

Nós somos a linha. Nossas escolhas nos arrastam rumo a outros pontos. Nós temos o poder de finalizar o desenho ou de torná-lo uma unidade longe de qualquer rastro de coerência. É por isso que cada ponto é um porto: porque a linha que nos conduziu até ele fincou naquele local uma raiz, um pedacinho do que a gente traz no peito.

Talvez por isso as escolhas sejam tão emblemáticas: porque norteiam uma vida inteira, carregam nossa alma consigo. E talvez por isso acreditar no destino seja tão importante: porque a convicção é capaz de te conduzir ao próximo ponto. Ainda que para isso seja preciso voltar. Ainda que para isso seja preciso RECOMEÇAR.

You May Also Like

3 comentários

  1. Olá!! Gostaria de divulgar meu blog, fiz há pouco tempo, exatamente uma semana amanhã e no momento só tenho um seguidor e poucas visualizações. É um blog de entretenimento, não posto coisas diariamente, de dois em dois dias no máximo. Deem uma olhada, prometo que vale a pena. Espero que gostem. Desde já, obrigada! http://universoalternativoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. desistir de escrever é desistir de si mesma...

    ResponderExcluir
  3. As vezes a gente só desiste de publicar. E mesmo assim volta...

    ResponderExcluir

Não vá embora ainda. Divida algo comigo. E obrigada por chegar até aqui! :)